Cada vez mais sofisticados, “deepfakes” vieram para ficar – Profa. Giselle Beiguelman

Clique aqui para comentar esta publicação


A professora da USP Giselle Beiguelman analisa o sistema de redes neurais que está viralizando nas redes sociais.


 Fotomontagem com foto criada pelo Projeto Essa Pessoa Não Existe – Fotomontagem: Vinicius Vieira/Jornal da USP

“Assim como as fake news invadiram as redes sociais e os meios de comunicação, os deepfakes (na tradução literal, profundamente falsos) estão revolucionando e polemizando o universo das imagens. “Os deepfakes são imagens produzidas por processos de aprendizado maquínico (machine learning), ou seja, de Inteligência Artificial, através de uma metodologia chamada redes neurais, e que têm como principal característica serem criadas integralmente por algoritmos. Como o próprio nome diz, procura reproduzir comportamentos e mecanismos de sistemas neurais humanos”, explica a professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP Giselle Beiguelman, colunista da Rádio USP (93,7 MHz). Giselle comenta o tema num artigo recém-publicado na Revista Zum, do Instituto Moreira Salles (IMS), e também numa live que acontece nesta quarta-feira, dia 29, às 18 horas, no canal daquela revista no Youtube.

Esses programas utilizam bancos de dados que reúnem milhões de imagens presentes nas redes, criando fotos e vídeos tão verossímeis que não se sabe mais o que é real ou ficção. Depois que viralizam, fica difícil contornar seus estragos, como diz Giselle. Um exemplo clássico disso é um vídeo, divulgado em abril de 2018 no site BuzzFeed, em que o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama ataca os Panteras Negras – organização antirracista surgida nos anos 60, nos Estados Unidos – e xinga o atual presidente norte-americano, Donald Trump. Apesar da perfeição da imagem, o Barack Obama que aparece no vídeo é falso, um deepfake.”  (continua)

https://jornal.usp.br/cultura/cada-vez-mais-sofisticados-deepfakes-vieram-para-ficar/?fbclid=IwAR2iSRB51C7uii_faTdhdTEMJMs5PGI-GTwkppJIcJ2txhyn0leL-1fU62Y

 

******



Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário